5 de fevereiro de 2011

Falando a mesma linguagem


Toda pessoa que se torna um líder de adolescente tem um grande desafio, que é saber como liderar os adolescentes falando à linguagem que eles entendem. São várias as pessoas que lideram na igreja, escola, cursos e aulas, mas que reconhecem que os adolescentes não entendem muito bem a forma que é apresentada as aulas, pregações ou estudos dados.

Então, aparecem as perguntas. Como por exemplo: Preciso usar gírias para com os adolescentes? Tenho que fazer brincadeiras para ter a atenção deles? Será que é certo adaptar a palavra de Deus para os adolescentes? O que preciso fazer para ser ouvido? O que tenho que fazer para o que eu falo possa alcançar os meus ouvintes? Quais as estratégias certas para alcançar os meus liderados?

Antes de estudarmos sobre falar a mesma linguagem, precisamos entender que os adolescentes se manifestam basicamente de duas maneiras, sozinhos e em grupo. Quando ele está sozinho normalmente é muito mais fácil abordar-lo e conversar assuntos mais sérios e que vão fazê-lo refletir sobre a sua realidade. Já em grupo o desafio é muito maior, pois é onde eles normalmente se sentem mais fortes e levam as coisas muito na gozação.

A partir do momento que entendemos sobre a existência de dois grupos, fica mais fácil para entender como falar a linguagem deles. É interessante perceber que não são gírias que vão fazer o adolescente entender o que o líder ou outros estão falando, mas sim as atitudes e também o assunto tratado. Vejamos então algumas atitudes que podem alcançar a “galera”:   
1-     Alcançando o adolescente quando ele está sozinho: Todo garoto ou garota gosta de ficar
em grupo, mas eles também têm seus momentos solitários. Quando ocorrem esses momentos, existem algumas atitudes que fazem o líder se aproximar. O amor, a preocupação com as necessidades, interagir com ele através de outras atividades (futebol, jogos, passeios, etc), conhecer sobre a adolescência e suas dificuldades e por incrível que pareça o limite. Essas são atitudes que fazem um líder falar a mesma linguagem.

2-     Alcançando os Adolescentes quando eles estão em grupo: Todo adolescente quando está em grupo se sente muito forte, são nesses momentos que normalmente eles não dão ouvido a um líder. Zoação, bagunça, ignorar o assunto dito, satirizar são algumas atitudes comuns de muitos em meio ao seu grupo de amigos. Mas apesar de todas essas dificuldades, existem várias maneiras de falar a mesma linguagem dos adolescentes. Vejamos algumas atitudes:
  •   Procure conquistar o coração daquele que influencia o grupo “o líder entre eles”.
  • Em toda palestra, pregação ou estudos procure falar de assuntos que tenham a ver com realidades que estão vivendo (dificuldades de relacionamentos com os pais, sexualidade, Mídia, vícios, etc.). 
  • Ilustre as mensagens, estudos ou aulas com imagens visuais (vídeos, fotos, teatro e etc). E também, procure contar histórias de outros adolescentes ou até mesmo de você. Isso trará identificação e proximidade deles com o assunto tratado.
  • A pessoa que for dar o estudo, palestra e pregação, deve se preocupar com a roupa que for usar. Não seja muito formal na forma de vestir, isso trará distancia e acabará criando resistência em ouvir a mensagem.  
  • Não gaste muito tempo só falando sobre o assunto. Procure usar algumas estratégias já citadas acima para acrescentar ao que está sendo dito. Isso será como uma pausa para os que estarão ouvindo. 

Acredito que usando essas estratégias de alcance o líder, professor e pastor estarão falando a mesma linguagem dos adolescentes e então os alcançando.

O apostolo Paulo disse em I Co 9: 22b: “Fiz-me de tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns”.
Lembre-te: Esteja sensível ao Espírito Santo, que será seu melhor orientador, e somente Ele trará qualquer transformação àquele que está ouvindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário