27 de dezembro de 2011

O LÍDER POSSESSIVO



 A cada dia que passa, o número de cristãos aumenta. E com isso, a demanda de lideres também aumenta. Por causa dessa necessidade, acaba que muitos se candidatam ou são chamados a liderar, surgindo, assim pessoas despreparadas para tal função. “Lideres” que tiveram um passado marcado por muitos traumas, rejeições, frustrações, dificuldades familiares e que acabam refletindo esses problemas em sua forma de liderar seus liderados.

Um dos maiores problemas que esse tipo líder manifesta é o sentimento de posse que ele tem do seu liderado. Líderes possessivos são pessoas que acham que seus liderados são a sua posse. Eles se sentem donos de seus liderados. Com isso, sufocam e pressionam seus liderados a fazer o que querem. Outra característica do líder possessivo é a chantagem emocional. A chantagem é usada quando o líder quer obter algo quando está perdendo o controle de seu liderado ou quando o liderado começa a se abrir com outra pessoa.

A conseqüência desse tipo de liderança é que normalmente seus liderados não sabem lidar com perdas ou mudanças.  São inseguros, medrosos, não sabem tomar decisões sozinhas e tem medo exagerado do erro..

Em I Pedro 5:3, o apostolo Pedro diz como um líder deve liderar as pessoas: “ nem como dominadores dos que foram confiados, antes, tornando-vos modelos do rebanho”.

Lideres possessivos jamais poderiam ser chamadas para liderar ou se canditarem á liderança, enquanto não estiverem com seu interior resolvido. È preciso que antes de liderar as pessoas, tais lideres sejam acompanhadas de perto através de um discipulado, em que  o discipulador poderá enxergar o problema e ajudá-lo na transformação. 

Um comentário:

  1. Bruno,mais um dos seus posts que me ensina cada vez mais .Muito obrigada pela aprendizagem.
    Que Deus te abençoe

    Rafaela 12 Anos da Rede de Adolescentes.

    ResponderExcluir