11 de outubro de 2013

Ídolos


É muito comum vermos nos jornais pessoas enfrentando filas de horas, dias e até meses para ver um cantor, artista ou personalidade famosa. Pessoas que perdem o emprego, a família e chegam a largar tudo, por minutos perto do seu “ídolo”.

Para tentarmos explicar esse tipo de atitude, existem muitas respostas. Porém, não quero me deter a elas. O fato é que tanto cristãos quanto não cristãos estão idolatrando pessoas que são meros humanos.

Mas o que seria idolatria? Idolatria é tudo que substitui o lugar de Deus em minha vida. Em toda a Bíblia Deus se mostra contrário à idolatria. Veja, por exemplo, o que está escrito em Levítico 19:4: "Não se voltem para os ídolos nem façam para vocês deuses de metal. Eu sou o ­Senhor, o Deus de vocês”. É interessante lembrar que idolatria não se diz respeito somente a imagens de escultura, mas também a pessoas que cultuamos como se fossem deuses.

Portanto, para não cometermos o erro da idolatria, é importante que não ultrapassemos os limites da admiração daqueles que estão em destaque e que são admirados em nossa sociedade. Não podemos confundir referência e admiração com a idolatria.
Quero terminar este texto dizendo que só há um ser que merece adoração e dedicação exagerada: e esse é Deus. “Portanto irmãos, fugi da idolatria”. I Coríntios 10:14.

Nenhum comentário:

Postar um comentário