20 de março de 2014

Jogando como filho de Deus!


Gosto muito de futebol; de jogar, mas também de ver uma partida. Como em  tudo na vida sempre aprendemos algo, com o futebol não é diferente. Quero então trazer alguns princípios e valores da vida de um jogador.

Todo jogador quer jogar, pois o jogo é o que todo atleta quer. E por isso ele não quer ficar no banco. Quando ele sofre ameaças para ir para o banco, ele se dedica mais e mais. O campo de jogo é o lugar onde ele se sente melhor. Lá ele mostra todo o seu talento e habilidade para vencer o adversário.

Assim como ocorre com um jogador que mostra em campo tudo que ele é, acontece conosco também. Como filhos de Deus, eu e você fomos chamados a entrar em campo e jogar. “Somos como cartas vivas”, assim como o apóstolo Paulo diz em II Co 3:1.

Mas como ser um cristão que está no campo jogando?

A melhor maneira de responder essa pergunta é começar olhando para o nosso dia a dia! Nossas atividades diárias: ir para escola, fazer um curso, trabalhar, conviver com a família e vizinhança... e é exatamente nisso que devemos atuar como um jogador no campo. 

Viver atuando no campo é simplesmente viver no dia a dia o evangelho. E para isso não é preciso marcar mais um compromisso em nossa agenda para falar ou mostrar Jesus. A única coisa que precisamos é demonstrar através de tudo aquilo que é feito no nosso dia, semana, mês e ano as boas novas do evangelho. E consequentemente a luz de Cristo brilhará onde estivermos!

Um comentário:

  1. Que bom saber que temos o melhor tecnico que nos incentiva a jogarmos sempre!

    ResponderExcluir

O que achou do tema? Comente!