29 de dezembro de 2015

Como lidar com a crise de fé do meu filho adolescente?


Na maioria das igrejas evangélicas que conheço, a maior parte do público é composto por crianças e adolescentes filhos de pais cristãos. Muitos deles nasceram em um lar cristão ou tem um dos pais professando a fé cristã.

Porém a cada dia que passa, tenho me deparado com vários pais que têm sofrido com os seguintes dilemas:

·         Meu filho(a) foi criado em um lar cristão, mas agora que é adolescente não quer seguir os princípios que aprendeu desde criança.
·         Outros dizem que seus filhos são muito frios na sua relação com Deus e que por isso vivem como crentes nominais.

O que fazer diante destes dilemas?

A história do profeta, adolescente e último juiz de Israel: Samuel. Nos ajudará a entender que esses dilemas não são somente do seu filho. Ela também nos dará dicas preciosas de como agir frente à essas dificuldades.

Os capítulos 1 e 3 de I Samuel contam alguns detalhes da vida do jovem, que se assemelham com os dilemas apresentados acima. Samuel foi um verdadeiro milagre, pois sua mãe Ana não conseguia ter filhos, mas Deus concedeu à ela e seu marido (Elcana) um filho (I Sm 1:2; 1:19 e 20). O jovem profeta foi consagrado a Deus antes mesmo do seu nascimento (I Sm 1:11), sendo criado dentro do templo desde os 3 anos de idade, ele tinha ofícios religiosos ajudando o sacerdote Eli e tantos outros que não são citados neste texto bíblico. Porém, apesar de todas essas responsabilidades religiosas e histórias de milagres e consagração, a bíblia diz em I Samuel 3:7 que “ele não conhecia a voz de Deus”.

Isso havia acontecido, porque ele ainda não tinha vivido uma experiência real com Deus. Assim como aconteceu com Samuel, tem ocorrido da mesma maneira com muitos adolescentes. Eles nasceram em um lar cristão ou desde crianças frequentam a igreja, sabem e conhecem várias histórias bíblicas, fazem orações, já ouviram vários testemunhos, mas nunca tiveram suas próprias experiências com Deus.

Por esse motivo alguns adolescentes começam a ter uma “crise de fé”, passam a não querer mais seguir os princípios aprendidos desde a infância, sendo atraídos e levados pelas atrações do mundo e se tornam frios na fé.
O texto bíblico de I Samuel 3, também nos mostra alguns detalhes importantes nas atitudes de Ana e Elcana (pais de Samuel) e de Eli (líder de Samuel), que respondem o dilema vividos por muitos pais.

Em I Sm 3:9 vemos que Samuel foi orientado por Eli a ouvir o que  Deus queria falar com ele, ou seja, aprender a ouvir a voz de Deus. Além disso, seus pais Ana e Elcana sempre lhe ensinaram os princípios da palavra de Deus e fizeram isso não só ensinando, mas também mostrando através dos seus exemplos de vida.           

Assim também devem agir todos os pais e mães de adolescentes:

·         Primeiramente confiarem em Deus nas suas promessas em relação a eles.
·         Acredite que aquilo que foi ensinado por vocês está guardado no coração e quem um dia isso vai gerar sede, para que ele(a) possa conhecer mais de Deus.
·         Procure evangelizar seu(s) filhos e busque ser um exemplo de cristão fervoroso.
·         Ore para que Deus levante pessoas que o(a) ajudarão a experimentar e ter um encontro real com Deus. 
·         Tenha paciência e espere para que no tempo certo essa experiência acontece.

Seguindo esses passos, creio que assim como aconteceu na vida de Samuel, acontecerá também com seu filho(a) adolescente.






Um comentário:

  1. Boa tarde pastor eu acredito que se cada pai e mãe entendesse que seu filho precisa ter suas proprias experiencias com Deus, estou passando por esse dilema e eu e meu marido lideramos adolescentes em nossa igreja

    ResponderExcluir

O que achou do tema? Comente!