14 de junho de 2017

Quem sou eu?

Foto: Google Imagens

Série: "Quem sou eu?"

  •  Não é o que tenho em meu documento.
  • Identidade tem a ver com algo muito mais íntimo.
  • É quase sempre muito difícil se autodefinir. Quem eu sou? Muitos timidamente respondem o que são profissionalmente: "sou médico, advogado, professor, estudante". Mas a nossa verdadeira identidade está além daquilo que fazemos. Na realidade a nossa identidade determina aquilo que fazemos e não o contrário. Fazemos algo porque o que somos nos dá características, atribuições para fazê-lo.
  • Muito se fala sobre os temperamentos, e eles são importantes também na nossa personalidade, mas ainda assim não é isso que diz o que somos. 
  • A Bíblia nos mostra quem realmente nós somos, e também mostra como Satanás quer que baseamos a nossa identidade.

Pré Identidade:
  • Gn 2.7: O texto Bíblico fala sobre dois tipos de vida, primeiro um boneco de barro (Criatura) e depois alma vivente (Filho de Deus).
  • Tem muita gente que acorda faz suas coisas, porém é um boneco de barro, algo ao invés ser uma alma vivente.
  • O texto diz que Deus chega e  sopra vida. Portanto, nós estávamos mortos, mas através do sopro de Deus,  nos tornamos um ser vivo. Não porque merecíamos.
  • O Espírito Santo então chegou em sua vida, e tudo se tornou diferente.  Assim que como a Terra era sem forma e vazia.
  • Isso mostra que Deus me ama. Você não precisa fazer mais para Ele gostar de você.
  • Uma vez que nos tornamos como filhos de Deus, precisamos saber quem nós somos.
  • Um ser humano que não sabe quem ele é, ou não sabe responder essas perguntas ele aceita qualquer coisa a respeito do que ele é.
  • Ele ou ela vive de qualquer jeito.
  • Por isso a maior necessidade que o ser humano tem é saber quem ele é, e o quanto nós valemos.
  • A melhor pessoa para você perguntar "quem eu sou?" é Deus, Ele te fez, Ele é o fabricante.


Descobrindo quem você é:
Texto Bíblico: Mt  3.13 a 17
  • O texto não diz que o Pai disse para Jesus: Tu és meu ... um ótimo pregador, ministro maravilhoso, um ótimo pai mãe, macho, mulher, bonito
  • Temos uma matriz: Deus.
  • A vitória que Jesus teve na tentação em Mateus 4, aconteceu quando Ele ouviu do Pai, “você é meu filho amado”.
  • Deus olha para mim e me vê de forma diferente como eu me vejo. Ele me vê de forma muito melhor como eu mesmo me vejo.
  • Então, se eu descubro isso, eu preciso conhecer mais desse Deus. Que me vê.
  • Deus está olhando para mim de outro lugar. Ele me vê.
  • Deus te escolhe e te ama não porque fez algo ou tem feito algo de bom para te-lo mas porque ele escolheu te amar. Ef 2.8
  • Não preciso fazer algo para Deus para ser salvo. Isso é Graça.
  • Não é o que faço ou deixo de fazer que me faz ser salvo ou aceito por Deus, Deus já me aceitou.
  • Identidade de filho: eu sou filho amado de Deus.
A tentativa de Satanás contra nossa identidade
  • Há uma real estratégia de Satanás contra as pessoas para que elas não ouçam sobre o invisível a respeito de você mesmo.
  • Satanás  quer que você acredite que você precisa fazer algo para ser amado por Deus.

Texto Bíblico: Mateus 4: 1 a 11 - A tentação de Jesus
  • Teste da identidade: quem Ele é?
  • A tradição judaica insistia dizer que com a vinda do Messias seriam repetidos em grau maior os milagres dos tempos de Moisés, o diabo sugere que Ele faça um milagre semelhante ao maná, mas para proveito próprio.
  •  A tentação de Jesus foi dirigida aos três aspectos da fraqueza humana: desejo da carne, desejo dos olhos e orgulho da vida ( I Jo 2:16)
     1. Tentação da fome – Provar que é filho de Deus  - Fazendo o milagre (transformando pedras em pães).
  • É pecado virar a pedra em pão? Não
  • Porque não? Ele estava com fome
  • Porque tinha uma mentira infiltrada
  • Prova que você que você é?
  • O diabo tentou uma armadilha, dizendo: Jesus você não é filho de Deus ao não ser que você prove.
  • O Pai já tinha dito para Jesus: “você é meu filho amado”.
  • O diabo é pai da mentira, ele tentou distorcer o que Deus disse para Jesus.
  • Em outras palavras Jesus estava dizendo que ainda que eu passe fome aqui no deserto, continuarei ser filho de Deus.
  • O diabo tentou mostrar para Jesus que ainda de te faltava alguma coisa.
      2. Tentação da Prova
  • Satanás tentou convencer Jesus que ele tinha que provar que era filho de Deus através do poder dele
  • Prove que é filho de Deus – Pulando do alto do templo.
  • Cidade Santa – Jerusalém
  • Alto do templo
3. Tentação do Poder
  • Se você é filho de Deus prove fazendo alguma coisa 
  • A identidade de Jesus foi estabelecida pelo nascimento, a “divina semente”.
Aplicação:
  • Quantas vezes caímos na mesma estratégia: se eu não fizer alguma coisa eu vou me dar mal!
  • Se eu não for para internet vou me sentir só, etc.
  • Precisamos entender que somos filhos de Deus. Quando não sabemos, nos perdemos
  • Cl 3.1 a 4 - Viemos de uma história de morte, alguns não tem ideia, mas  todos viemos.
  • Deus te vê com bons olhos.
  • Precisamos nos conhecer em Deus
  • Identidade, quem nos dá é Deus!
  • Tudo que nós temos, nós já temos em Cristo.
  • Você precisa confiar em Deus. Crer que Nele, todos seus temores (.....), devem ser jogados para Ele.
  • Por Deus você foi assumido. Portanto somos filhos amados. Essa é a nossa verdadeira identidade. Somos filhos!
Para ler outros sermões da série "Quem sou eu?"clique aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou do tema? Comente!